A história do Karate-do remete a mais de 500 anos e teve suas origens no arquipélago de Ryu Kyu (Okinawa). Suas técnicas foram desenvolvidas a partir de conceitos marciais da própria Ilha e também de influências de outras artes marciais, principalmente as de origem chinesa, dado o grande intercâmbio cultural e comércio mantido entre os povos.

   Os maiores polos de desenvolvimento de Okinawa eram: Shuri, Tomari e Naha. O conceito marcial era de grande importância cultural e político da época, por isso estes três polos de desenvolvimento eram também os polos de surgimento das técnicas marciais de Okinawa, Shuri-Te, Tomari-Te e Naha-Te. Cada polo continha diversos Mestres que desenvolviam suas características e técnicas de acordo com suas experiências, estudos e também intercâmbios com Mestres Chineses, quando estes visitavam Okinawa ou estes Mestres iam até a China para estudar. A cidade chinesa de Fujian (Fukuken em japonês) era o destino escolhido para estudos das artes chinesas e suas técnicas.

   O karate-do é um nome relativamente moderno no contexto marcial da arte. Em Okinawa as artes eram conhecidas apenas como “TE” e por terem grande influência chinesa em suas técnicas e conceitos, eram chamadas de forma geral de “TODE” (mão chinesa) e em suas características específicas eram separadas por seus polos de desenvolvimento: Shuri-TE – Tomari-TE – Naha-TE

   O Karate-do Goju-ryu teve suas influências no Naha-TE, arte desenvolvida pelo Mestre Higaonna Kanryo que estudou as técnicas chinesas no período em que passou na cidade de Fujian na China. Mestre Miyagi Chojun iniciou seus treinamentos na arte do Naha-TE com o Mestre Haigaonna Kanryo aos quatorze anos de idade. Após o aprendizado, Mestre Miyagi Chojun decide seguir os passos de seu Mestre e viaja também à cidade de Fujian para estudar e aprender as artes chinesas e suas técnicas de combate desarmado. Após um longo período, Mestre Miyagi retorna a Okinawa e mescla as técnicas aprendidas, as técnicas de respiração (Ibuki) e incorpora o conceito de Yin e Yang às técnicas já existentes do Naha-TE e dá o nome de GOJU-RYU (estilo do forte e do suave) à sua arte.

goju-ryu

gallery/fundador-do-goju-ryu-chojun-miyagi
gallery/masters_chojunmiyagi003